Pet morreu? Saiba o que fazer com o companheiro animal que partiu em Campo Grande

Prefeitura da Capital proíbe que pets sejam enterrados no terreno residencial
| 31/07/2022
- 12:45
Pet morreu? Saiba o que fazer com o companheiro animal que partiu em Campo Grande
Animal foi encontrado durante demolição de 'mansão escondida'. Foto: Marcos Ermínio/Jornal Midiamax

A partida de um animal da família, assim como de um ente humano, é sempre um momento de tristeza para todos. Alguns pets vivem por anos no mesmo ambiente familiar e são tratados de igual para igual - às vezes até melhor que humanos.

Recentemente, o aparecimento de uma carcaça durante a demolição de um imóvel na Rua Barão do Rio Branco, em Campo Grande, gerou curiosidade nos trabalhadores que a encontraram. A 'antiguidade' esquelética foi encontrada durante a destruição de uma parede.

“Durante a escavação, a gente se surpreendeu. Primeiro teve esse animal que eu não faço ideia do que é. Acho que não é nenhum gato e também muito grande para ser uma ratazana. Ele estava encostado da e a gente achou quando estava escavando as paredes”, comentou o mestre de obras Ênio Gomes, de 54 anos.

bicho - Pet morreu? Saiba o que fazer com o companheiro animal que partiu em Campo Grande
Animal foi encontrado durante demolição de 'mansão escondida'. Foto: Marcos Ermínio/Jornal Midiamax

Na ocasião, Ênio fala que os colegas ficaram muito curiosos, porém, precisavam continuar com o trabalho e então deixaram a carcaça de lado. “Eu fiquei espantado na hora, achei algo muito interessante. A carcaça estava bem sequinha. Sei que é algo raro, mas, só especialistas mesmo podem dizer o que se trata”, argumentou.

Campo Grande proíbe

Como o animal foi parar lá e o que ele realmente é ainda permanece um mistério, mas a prefeitura de Campo Grande, a prefeitura proíbe que animais sejam enterrados no terreno de casa, por motivos de saúde pública. Fazer o sepultamento do pet na residência pode contaminar o solo e trazer doenças que podem ser prejudiciais para a família que ali reside, segundo a Subea (Subsecretaria Municipal de Bem-Estar Animal).

Inclusive, 'desfazer' de animais mortos em terrenos impróprios e até mesmo nas ruas da cidade caracteriza crime segundo o artigo 54 da Lei de Crimes Ambientais - Lei 9605/98. A prefeitura orienta que nestes casos, o morador deve acionar a CG Solurb, que faz o recolhimento de carcaça de animais de pequeno porte.

Para solicitar o serviço, é necessários entrar em contato pelo telefone 0800-647-1005 ou (67) 99647-1005. A coleta é feita em até 24 horas úteis, segundo a empresa, que salienta que não atende pet shops e clinicas particulares.

Cremação para pets

A Pet Primavera está situada em Dourados mas atende todo Mato Grosso do Sul e oferece serviços para tornar esse momento menos dolorido e mais especial, acolhendo os pets e tutores. A empresa é a primeira a fornecer o serviço de cremação e urnas para que as cinzas do companheiro que partiu sejam depositadas.

A cremação poderá ser realizada em animais com até 100kg, sejam cães, gatos, hamsters, tartarugas, cobras, aves, peixes, ou qualquer outro animal de estimação que não ultrapasse o peso estipulado. As modalidades de cremação podem ser com ou sem resgate de cinzas.

A opção “Cremação com resgate de cinzas”, possibilita o desejo de eternizar a memória deste amigo tão especial, de forma que os donos irão receber uma urna com as cinzas, assim como o certificado de cremação do seu querido pet.

Já na “Cremação sem resgate de cinzas”, a cliente opta por não receber as cinzas e as mesmas serão espalhadas na natureza e os tutores receberão um certificado de cremação, trata-se de um processo mais sustentável e com a garantia de um destino digno e respeitoso.

Segundo a empresa, a cremação dos animais segue um processo bem parecido com o de humanos. Os tutores podem realizar uma cerimônia de despedida para o pet, incluindo imagens, músicas e flores, por exemplo.

homenagem zeus - Pet morreu? Saiba o que fazer com o companheiro animal que partiu em Campo Grande
Homenagem ao Zeus (Foto: Reprodução)

A empresa também posta as homenagens dos tutores, com foto e texto, assim como acontece quando humanos partem. A empresa pontua que a cremação é uma forma de auxiliar os tutores a passar pelo luto de uma forma mais leve.

Os serviços podem ser contratados com antecedência e segundo explicou a Pet Primavera, é muito comum que o tutor garanta o plano quando o companheiro se encontra em um estado de saúde mais delicado.

No momento de guardar as cinzas do pet, a empresa fornece diversos tipos de urnas. Os tutores podem escolher desde urnas hidrossolúveis que podem ser depositadas em rios ou locais de água corrente até urnas biodegradáveis que ao serem plantadas geram uma árvore.

Além disso, a empresa também tem urnas com compartimentos para guardar os brinquedos dos pets e pingentes que armazenam as cinzas. Os preços variam a depender do serviço escolhido, porte do pet e se o tutor escolherá recolher as cinzas do companheiro.

homenagem valentin - Pet morreu? Saiba o que fazer com o companheiro animal que partiu em Campo Grande
Homenagem ao gato Valentin (Foto: Reprodução)

Veja também

Ninguém acertou o concurso 2.509 da Mega-Sena que poderá pagar R$ 27 milhões no próximo...

Últimas notícias