Corumbá começa a aplicar 4ª dose de vacina contra covid em pessoas acima de 70 anos

Pacientes imunossuprimidos e profissionais de saúde também poderão receber a D4
| 10/02/2022
- 18:22
Imagem ilustrtiva
Imagem ilustrtiva - (Foto: Arquivo/Midiamax)

O município de Corumbá iniciou, nesta quinta-feira (10), a aplicação da 4ª dose da vacina contra a Covid-19 para pessoas com mais de 70 anos. Também podem receber a D4 os pacientes imunossuprimidos e profissionais de saúde acima de 18 anos.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, os pacientes imunossuprimidos devem ter recebido a terceira dose há mais de 4 meses, mesmo período para os profissionais de saúde.

As doses estão disponíveis no Centro de Saúde da Ladeira, das 7h30 às 18 horas, e das 7h30 às 10h40 e das 13h às 16h nas seguintes Unidades Básicas de Saúde: Gastão de Oliveira, Padre Ernesto Sassida, Bonifácio Tiaen, Luiz Fragelli, Rosimeire Ajala, Lúcia Maria, Breno de Medeiros, Walter Victorio, Angélica Anache, Ranulfo De Jesus, Popular Velha, Humberto Pereira.

Também estão disponíveis imunizantes contra a Covid-19 para primeira dose em jovens com 12 anos ou mais, D2 da e demais vacinas, D3 para adolescentes entre 12 a 17 anos que tomaram a segunda dose há mais de 4 meses que possuem imunossupressão e para pessoas acima de 18 anos que tomaram D2 há mais de 4 meses.

Crianças de 5 a 11 anos

Para crianças de 5 a 11 anos, a vacinação ocorrerá em dois locais nesta sexta-feira (11): na Escola Estadual Júlia Gonçalves Passarinho, localizada na rua Dom Aquino Corrêa, nº 406, Centro, das 8h30 às 13 horas; e na Escola Municipal Clio Proença, no Guató, no mesmo horário.

No sábado, dia 12, as equipes da Secretaria Municipal de Saúde estarão na Escola Municipal Rural Monte Azul, no assentamento Taquaral, às 8h30. Já no domingo, dia 13, as vacinadoras estarão em Porto Morrinho, no Porto da Odila, também às 8h30. Na terça-feira, dia 15, é a vez das crianças de Porto Esperança serem atendidas, a partir das 8h30, na Escola da comunidade.

Veja também

Batalhão de Choque da PM foi acionado para ir até o local onde indígenas decidiram retomar área ancestral e ação terminou em morte

Últimas notícias