Ao contrário de todo país, Mato Grosso do Sul registra queda no número de casos de dengue

Campo Grande também registrou grande redução no número de notificações
| 30/03/2022
- 14:49
Ao contrário de todo país, Mato Grosso do Sul registra queda no número de casos de dengue
Foto: Reprodução

Em todo o Brasil, os casos confirmados de dengue são quase 45% maiores que no mesmo período do ano passado, mas ao contrário de todo país, e Campo Grane tiveram uma redução nos números de notificações.

De acordo com a SES (Secretaria de Estado e ), de janeiro a março de 2021, Mato Grosso do Sul teve 5.549 casos de dengue. No mesmo período de 2022, apesar dos dois óbitos registrados no Estado, o número pessoas que contraíram a doença quase caiu pela metade, já que até o último dia 23 deste mês, MS tinha 2.352 casos em MS.

Conforme a Superintendente de Vigilância em Saúde de Campo Grande, Veruska Lahdo, de janeiro a março de 2022 a cidade registrou 840 notificações e ela acredita que a queda nos números é resultado do intenso trabalho das equipes de saúde que percorrem as ruas do município.

“O trabalho nunca foi suspenso. Sempre estamos realizando ações e conscientizando a população. Temos equipes que realizam o serviços mais intensos em pontos estratégicos da cidade, locais que normalmente costumam ter mais casos”, explicou.

Ainda de acordo com a Superintendente, em março do ano passado, Campo Grande teve 805 casos de dengue. No mesmo mês deste ano a Capital registrou apenas 72.

O Secretário de Saúde de Campo Grande José Mauro Filho também acredita que a diminuição nas notificações da Capital é resultado das ações de prevenção e conscientização das pessoas.

“Realizamos um trabalho preventivo e fizemos o número diminuir em Campo Grande. Estamos há dois anos sem epidemia. É cidade que sofreu muito com a dengue, o mosquito se adaptou na região. Buscamos estudos e começamos a realizar ações”, disse.

Veja também

O percentual é maior que o de maio (0,59%), mas menor que o de junho de 2021 (0,83%)

Últimas notícias