O IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) e a Unesp (Universidade Estadual de São Paulo) de Ilha Solteira uniram esforços e lançar um projeto de arrecadação de dinheiro para a fabricação de protetores faciais em impressoras 3D.

A propósito, a iniciativa, que está sob responsabilidade do professor Marcus Jorgetto, entregou um lote de 20 máscaras de filamento PLA e folhas de acetato à Prefeitura de Três Lagoas na última quinta-feira (2). A fabricação é possível porque os laboratórios têm capacidade para produzir, esterilizar e embalar cerca de 500 máscaras, que serão doadas a profissionais da saúde nos dois estados.

A campanha, portanto, arrecada dinheiro para ampliar a capacidade e a velocidade de produção dos equipamentos, a fim de atender o maior número de hospitais da região do Bolsão no menor tempo possível. Segundo as entidades de nível superior, os recursos serão gerenciados pela fundação sem fins lucrativos Fepisa (Fundação de Ensino, Pesquisa e Extensão de Ilha Solteira).

As doações são a partir de R$ 25 (clique AQUI). A meta é arrecadar R$ 50 mil. Empresas que necessitam de Termo de Doação, antes de doar, entrar em contato pelos e-mails: [email protected] ou [email protected]