Depois de encontrar irregularidades durante fiscalização no Ney Ramos Volpato, localizado a 45 km da cidade de , nesta terça-feira (30), quando dois homens foram autuados por desmatamento e exploração de madeira, a PMA ( Ambiental) voltou nesta quarta-feira (1º) ao local, depois de receberem denúncias de nova exploração ilegal de vegetação, com uso de máquina.

Ao chegar no local, a PMA verificou que um homem de 53 anos, residente no assentamento, havia derrubado – com uso de máquina -, diversas árvores pela raiz para exploração da madeira sem licença ambiental.

A máquina não estava no local, porém, os policiais fizeram diligências e encontraram nas proximidades do assentamento.

O assentado foi atuado administrativamente e multado em R$ 1,8 mil. Ele também responderá pelo de desmatamento e exploração de madeira, que prevê pena de seis meses a um ano de detenção.