Apetite 

O apetite do Progressistas pressiona o presidente Lula da Silva a remodelar, toda semana, a lista do inquilinato da Esplanada. Para condicionar apoio ao Governo, e atender também um grupo suprapartidário de 200 deputados capitaneados por Arthur Lira – e assim dar a governabilidade a Lula – o PP já conseguiu o Ministério do Esporte. Há dias, deu nova demanda: aceita a Caixa e a pasta da Agricultura. Para a interlocução com o agro pode indicar o deputado federal Tião Medeiros, do Paraná. Já Margarete Coelho, do Piauí, hoje diretora do Sebrae, seria o nome no lugar de Rita Serrano na Caixa. Margarete entraria por um consórcio Lira-Ciro Nogueira (Gilberto Occhi foi barrado pelo Palácio). Vice de Habitação da Caixa, cargo cobiçado, Inês Magalhães por ora fica. Ela é apadrinhada de José Dirceu e de Miriam Belchior, com quem joga carteado.

Asas

Se há partido que assombra Lula da Silva é o PSDB e seu pré-candidato Eduardo Leite. Por isso, a governadora de Pernambuco, Raquel Lira, hoje tucana, pode bater asas para o PSD governista. Isso abrirá portas do Palácio do Planalto para parcerias importantes as quais o Estado precisa.

Lobby

Flávio Dino e Dias Tofolli são amigos há décadas. Toffoli articula para que Dino seja o nomeado para o STF na vaga da ministra Rosa Weber. O que tem desagradado ao presidente Lula da Silva. Ele continua ressentido com o fato de o ministro do STF ter negado sua ida ao enterro do irmão Vavá. Ambos já foram avisados de que esse lobby não ajuda.

Reforma 

O senador Eduardo Braga (MDB-AM) deve entregar o relatório da Reforma Tributária até fim de outubro. As emendas já passam de 70. Diz que é fundamental que a carga tributária não seja aumentada. “Ninguém aguenta mais pagar impostos sobre consumo”. Pediu ao TCU estudo da carga sobre produtos ao consumidor, para ter ideia de um teto.

Siafeiro

O presidente da Câmara, Arthur Lira, mantém na antessala técnico especializado em Siafi, sistema que monitora empenhos e pagamentos de emendas. A missão é acompanhar os ministérios. O “siafeiro” levantou os quase R$ 200 milhões enviados pelo ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, para sete cidades do Mato Grosso, seu reduto.

Varredura

Bateu um desespero em parte dos deputados federais. Alguns, com certeza enrolados, contrataram serviços de segurança para fazer varreduras contra escutas ambientais nos gabinetes dentro da Câmara.

ESPLANADEIRA

#  Milon, rede de vestuário infantil, cresce 27% e abre centésima loja no Brasil. # Festival Brasil realiza sua primeira edição em Barão de Cocais (MG) nos dias 16 e 17. # A edição 2023 do Brazil Climate Summit acontece em Nova York, nos dias 13 e 14. # Credenciamento de jornalistas para a FIDES Rio 2023 está aberto até o dia 18. # CAIXA anuncia medidas de apoio aos municípios atingidos por ciclone no Rio Grande do Sul. # Pesquisa da KAYAK mostra que buscas por passagens para o Japão aumentam 135%.