Sem acordo, instalação da Comissão Mista de Orçamento é adiada

Centrão pediu mais espaço para mais dois partidos e a presidência do colegiado
| 29/09/2020
- 14:17
Sem acordo, instalação da Comissão Mista de Orçamento é adiada
CaMaryanna Oliveira/Câmara dos Deputados - CaMaryanna Oliveira/Câmara dos Deputados

Foi adiada a instalação da Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional. Segundo o site Metrópoles, não houve acordo em reunião realizada nesta terça-feira (29).

Uma nova tentativa deverá ser feita em 6 de outubro. O líder do bloco conhecido como Centrão reclamou do espaço para o PSC e o e ainda exigiu que o grupo presida o colegiado.

Cotado para a posição, o deputado federal Elmar Nascimento (DEM-BA) não obteve apoio. De forma independente, a deputada Flávia Arruda (PL-DF) colocou o nome na disputa. 

Ainda conforme o Metrópoles, Lira queria indicar o deputado Wellington Roberto (PL-PB).

O presidente do Senado Federal, (DEM-AP), explicou que houve questionamento em relação à proporcionalidade das bancadas.

“A Comissão de Orçamento funciona sempre buscando o consenso para deliberar. Afinal, esse ano excepcionalmente a previsão de funcionamento da comissão se dará em 60 dias”, disse.

Assim, o senador decidiu adiar a discussão para que haja um consenso. O relator Orçamento já foi escolhido: é o senador Marcio Bittar (MDB-AC). Além do presidente, o colegiado vai definir os vices e os relatores setoriais.

A comissão é responsável por analisar os Projetos de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2021 e de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) de 2021, além do Plano Plurianual (PPA) e os projetos de lei do Congresso que tratam de créditos orçamentários extraordinários. Com a , estas propostas têm seguido direto para o plenário.

Veja também

O lucro líquido das operações continuadas da Eletrobras avançou 69% no primeiro trimestre de 2022,...

Últimas notícias