Pregão eletrônico 0004/2022 da Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda) de Mato Grosso do Sul virou alvo de inquérito pelo MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul). Em fevereiro, empresa foi contratada por R$ 18,5 milhões como resultado do certame.

Conforme divulgado no Diário Oficial do MPMS, o inquérito deve analisar a denúncia de irregularidade sobre o pregão. A licitação foi aberta para contratar empresa de solução em tecnologia.

O objeto da contratação trata do “fornecimento e instalação de Solução Integrada para Missão Crítica de Tecnologia da Informação e de Comunicação com alta disponibilidade, composto por ambiente modular seguro certificado ABNT NBR 15.247 e seus subsistemas, serviço mensal de manutenção preventiva e corretiva com monitoramento online, serviço de Moving sob demanda, serviços de substituição das baterias e capacitores dos UPS sob demanda, serviço de substituição do gás NOVEC 1230 sob demanda, serviço de abastecimento de diesel sob demanda, com fornecimento e instalação de peças, acessórios e materiais necessários para instalação e manutenção”.

A vencedora do pregão é a empresa Green4t Soluções TI Ltda (CNPJ 03.698.620/0004-87). Conforme o Portal da Transparência do Governo de MS, não constam outros contratos com a empresa. Além disso, não foi possível consultar os dados do contrato.

O inquérito está sob sigilo.