Primeiro secretário da (Assembleia Legislativa de ), (PSDB) explicou nesta terça-feira (24) que o projeto do programa Mais Social, que aumenta o valor do benefício de R$ 300 para R$ 450, vai tramitar em regime de urgência na Casa.

Isso para que a proposta seja sancionada em novembro e o valor possa ser reajustado em 1º de janeiro de 2024, conforme texto do projeto.

São mais de 50 mil famílias atendidas no Estado, que passarão a receber o novo valor a partir de 2024. A proposta é uma promessa de campanha do governador, empossado há 9 meses.

Mais Social

O Mais Social é um auxílio financeiro pensado pela equipe do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul e tem por objetivo prestar atendimento às famílias em situação de vulnerabilidade social e insegurança alimentar e nutricional, bem como promover a inclusão social e acesso às demais ações de políticas públicas.

O beneficiário contemplado recebe um auxílio financeiro no valor de R$ 300,00, creditado no cartão próprio, a ser disponibilizado ao beneficiário do programa, para aquisição de gêneros alimentícios e produtos de higiene pessoal, sendo proibida a aquisição de bebida alcoólica, produtos à base de tabaco ou outros indicados no regulamento, sob pena de exclusão do beneficiário do Programa. O cartão é de uso pessoal e intransferível.

Conforme a regulamentação do programa, será concedido um benefício por família.

O Programa é executado e monitorado pela Subs (Superintendência de Benefícios Sociais), vinculada à Sead (Secretaria de Estado de Assistência Social e dos Direitos Humanos).