Profissionais estão exaustos', avalia Reinaldo sobre não vacinados e sobrecarga nas UTIs em MS

Governo de MS diz que avalia ampliar mais leitos para pacientes da Covid-19
| 14/02/2022
- 16:04
Governo de MS vai ampliar mais leitos de UTI para pacientes com Covid-19
Governo de MS vai ampliar mais leitos de UTI para pacientes com Covid-19 - Ilustrativa, Arquivo

Com a nova onda da Covid-19 causada pela variante Ômicron, os profissionais de saúde do Brasil estão sobrecarregados e em não é diferente. O governador (PSDB) avaliou a situação e disse que quem trabalha na linha de frente, está ‘exausto’.

Segundo o governador, já existe fadiga e cansaço dos profissionais de saúde. “Eles atuam há mais de 2 anos ininterruptos na linha de frente. A estratégia do governo é ampliar leito de suporte, mas precisamos incentivar a vacinação”.

Reinaldo disse ainda que quando as pessoas estão vacinadas, a letalidade do vírus é menor. “Mais de 80% dos óbitos são de quem não tomou a vacina.Vamos continuar ampliando leito, mas se as pessoas se vacinarem, teremos letalidade menor”.

Ainda conforme o governador, os profissionais estão no limite do trabalho. "Se o volume de infecção for maior, mais pessoas terão que ser internadas, por isso precisamos incentivar a vacinação”.

Dados disponibilizados pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) apontam uma ocupação de 98% dos leitos de UTIs global, ou seja, para todos os pacientes. Neste caso, dos 184 leitos disponíveis, 180 estão ocupados não somente por pacientes com síndrome respiratória.

Veja também

O juízo da Vara de Falências, Recuperações, Insolvências e Cartas Precatórias Cíveis de Campo Grande...

Últimas notícias