Política

PSB quer indicar vice em composição para chapa ao governo de MS em 2022, diz Carlão

Cúpula do partido está em Brasília para discutir assunto nesta terça-feira

Mayara Bueno Publicado em 26/10/2021, às 07h47 - Atualizado às 08h14

Da esquerda à direita, secretário Eduardo Riedel, prefeito Marquinhos Trad, presidente Carlão e vereador Papy
Da esquerda à direita, secretário Eduardo Riedel, prefeito Marquinhos Trad, presidente Carlão e vereador Papy - (Foto: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax, Arquivo)

O PSB de Mato Grosso do Sul quer indicar o candidato a vice-governador do Estado nas eleições de 2022. Nesta terça-feira (26), a cúpula do partido está em Brasília para reunião com a direção nacional, de acordo com o presidente do PSB em Campo Grande, vereador Carlos Augusto Borges, conhecido como Carlão, que também dirige a Câmara Municipal.

"Vamos trabalhar o nome do Ricardo Ayache [presidente do PSB em MS, diretor da Cassems - Caixa de Assistência dos Servidores de MS]. Um líder e um ótimo gestor", descreve. Ainda está em discussão de quem o PSB pode ser vice. "Só vamos discutir internamente a melhor via para o partido crescer e desenvolver uma política social". 

Em 2018, a legenda apoiou a reeleição do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e, no ano passado, a do prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD) — nome citado para disputa ao Executivo de MS em 2022. No caso dos tucanos, a ideia é lançar o secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel, mas as definições mais certeiras sairão a partir de março.

Em agosto deste ano, Carlão afirmou que o PSB quer chegar à disputa majoritária, até então, dizendo que poderia ser com candidatura própria ou se aliando com uma das pré-candidaturas.

Jornal Midiamax