Política

Candidato em Naviraí, Onevan de Matos está sedado em SP e não deve votar no domingo

O candidato à prefeitura de Naviraí, Onevan de Matos (PSDB), continua internado em São Paulo, portanto não deve votar no domingo (15). O deputado estadual está se recuperando de uma infecção respiratória oportunista. A assessoria do candidato informou que os médicos iniciaram um processo chamado de desedação, diminuindo medicação para retirada de aparelhos e permitindo […]

Adriel Mattos Publicado em 13/11/2020, às 10h41 - Atualizado às 10h58

Onevan de Matos morreu nesta sexta-feira (13). (Foto: Reprodução/Facebook)
Onevan de Matos morreu nesta sexta-feira (13). (Foto: Reprodução/Facebook) - Onevan de Matos morreu nesta sexta-feira (13). (Foto: Reprodução/Facebook)

O candidato à prefeitura de Naviraí, Onevan de Matos (PSDB), continua internado em São Paulo, portanto não deve votar no domingo (15). O deputado estadual está se recuperando de uma infecção respiratória oportunista.

A assessoria do candidato informou que os médicos iniciaram um processo chamado de desedação, diminuindo medicação para retirada de aparelhos e permitindo que ele acorde.

Onevan foi diagnosticado com novo coronavírus em 22 de setembro. O deputado estadual ficou internado em Campo Grande por dois dias.

No início de outubro, o tucano voltou ao hospital e chegou a precisar de ventilação mecânica. Depois de receber alta, o candidato foi autorizado a continuar tratamento em São Paulo.

Já em novembro, o juiz da 2ª Zona Eleitoral de Naviraí, Eduardo Lacerda Trevisan, negou pedido da coligação “Naviraí em Boas Mãos”, que exigia divulgação de boletim diário sobre o estado de saúde do deputado estadual.

Para o magistrado, ainda que figura pública, não é obrigado a expor sua intimidade, tampouco seus dados médicos. Além disso, Trevisan discorreu que não cabe aos rivais de urna “invadir à [sic] privacidade alheia em prol de suas campanhas”.

Jornal Midiamax