Política

De uma só vez, município de MS tem 5 vereadores cassados por corrupção

Parlamentares exigiam e recebiam vantagens indevidas

Diego Alves Publicado em 01/07/2015, às 01h38

None
vereadores.jpg

Parlamentares exigiam e recebiam vantagens indevidas

De uma só vez, foram cassados cinco dos vereadores eleitos pela população de Naviraí, a 365 quilômetros de Campo Grande, nas últimas eleições. Perderam o mandato durante sessão de julgamento nesta terça-feira (30) José Roberto Alves (PMDB), José Odair Gallo (PDT), Moacir Aparecido de Andrade (PTdoB), Mário Gomes (PTdoB) e Jaime Dutra (PT).

Eles foram os cinco últimos dos 11 que já perderam o cargo na cidade, que elegeu 13 vereadores nas últimas eleições.

A sessão de julgamento foi presidida pelo vereador interino Benedito Missias. Ela foi iniciada, de acordo com o site Naviraí Noticias, com a leitura do relatório final da Comissão Processante (CP), presidida pelo vereador Antonio Carlos Klein, relatado por Donizete Nogueira Pinto e como membro o vereador Luiz Alberto Ávila da Silva Júnior (Júnior do PT).

Segundo denúncia do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), todos os 13 vereadores da Câmara de Naviraí estavam sob suspeita de envolvimento nos crimes de formação de quadrilha, corrupção e extorsão contra o Poder Executivo.

Segundo informações da Polícia Ferderal, as investigações revelaram a participação de parlamentares e empresários em crimes contra os cofres públicos. Os parlamentares exigiam e recebiam vantagens indevidas para aprovação de leis e para atuações ilegais na expedição de alvarás de funcionamento para comércios locais.

As investigações contataram ainda um esquema ilegal de recebimento de diárias pagas pela prefeitura para viagens que não eram realizadas por servidores municipais.

Jornal Midiamax