Cinco pessoas, de 22, 23, 27, 32 e 34 anos, foram presas em flagrante na madrugada desta sexta-feira (26) após furtarem veículos no interior de Mato Grosso do sul e utilizá-los para cometer furtos na Capital.

A polícia recebeu informações de que um veículo, Fiat Pálio, furtado em Nova Alvorada do Sul, estava a caminho de Campo Grande. Com essas informações foram realizadas rondas, quando avistaram um veículo com as mesmas características.

No carro, um homem com vulgo ‘Pastor’ confessou ter furtado o veículo no interior do Estado depois de vê-lo com a chave no contato. Disse ainda que era o segundo veículo que trazia para Campo Grande, sendo o primeiro uma Saveiro, de cor branca, furtada no dia 9 deste mês na mesma cidade. 

A Saveiro foi entregue a outro rapaz vulgo “Gordinho” no bairro Moreninhas, mesmo local para onde estava levando o Fiat Pálio. 

Em contato com a PM de Nova Alvorada do Sul, foram informados de que a Saveiro foi utilizada em dois furtos de lojas de roupas, tanto na cidade, como na Capital.

As equipes do Bope foram até a casa onde o veículo seria deixado, mas o suspeito não estava no local. A esposa disse que a Saveiro esteve por lá alguns dias e informou que o marido estava no bairro Caiobá, com um veículo Corsa, sedan, prata. 

Pouco tempo depois, dois indivíduos chegaram em um Corsa na casa onde a polícia estava e confessaram que roupas furtadas de lojas estavam na residência e que o dono da casa estava no bairro Leblon.

A polícia apreendeu as peças de roupas novas, que foram reconhecidas pela vítima, dona da loja furtada.

A equipe policial depois foi até a tabacaria onde encontrou o homem com outro rapaz. À polícia, ele confessou que lhe ofereceram a Saveiro branca, assim como uma pick-up preta, mas que a Saveiro não estava com ele naquele dia. Disse ainda que sabia que ela estava sendo usada em furtos na cidade.

A polícia foi até a casa do autor dos furtos com a Saveiro, um rapaz com vulgo “Paulista”. Ele contou que “Gordinho” o buscou para cometerem os crimes.

Diante dos crimes de receptação, furto e associação criminosa, os cinco foram presos em flagrante e levados para a Depac Cepol. 

O veículo foi entregue na Defurv (Delegacia Especializada em Repressão a Roubos e Furtos de Veículos).