José Areve Martins, de 28 anos, foi morto e esquartejado por ter mantido um relacionamento com a mulher de 27 anos, que havia sido namorada do autor de 19 anos, em Amambai, a 351 quilômetros de Campo Grande. A mulher ajudou a decapitar o ex-namorado. A cabeça da vítima foi encontrada pela polícia.

O casal foi preso ainda no domingo (14), horas depois do assassinato. Após a prisão, a mulher contou na delegacia que era casada com o autor, mas, depois da separação, passou a se relacionar com José. O ex-marido, então, por ciúmes, matou José com golpes de machado e o decapitou. 

Ainda segundo a mulher, ela ajudou o autor a decapitar José e jogar a cabeça dele em um córrego. O autor confirmou ter matado José, o atingindo com golpes de machado na região do pescoço até o decapitar, já que eles haviam se desentendido e estaria se sentindo ameaçado.

(Matéria editada às 10h03 para acréscimo de informação)