Duas testemunhas já foram intimadas a prestar depoimento sobre o feto encontrado na subestação de tratamento de esgoto em Ladário, a 426 quilômetros de Campo Grande, nessa segunda-feira (10). Este é o terceiro caso registrado, sendo dois no mês de junho, em Corumbá.

O encontrado tinha 15 centímetros e foi levado para o IML (Instituto de Medicina Legal) para exames e determinar como ocorreu a morte. É investigado se o feto teria sido jogado direto na rede ou se teria percorrido até a estação pelo encanamento, já que é bem pequeno e caiu parando na ‘peneira'.

Um funcionário que limpava a peneira encontrou o feto e chamou a polícia. Perícia e Polícia Civil foram acionados.

Este é o terceiro caso recente na região. No mês passado um feto entre oito e nove meses foi encontrado em meio a lixão, no município de Corumbá. Quinze dias depois, corpo de um recém-nascido foi encontrado dentro de um saco de lixo, no lixão da cidade de Corumbá. O estava enrolado em roupas sujas de sangue.