O filho de um vereador de uma cidade de Mato Grosso do Sul foi preso nesta semana acusado de estuprar uma jovem, no domingo (23), após a saída de uma tabacaria. A jovem foi encontrada pelo irmão no meio da rua suja e desorientada.

Informações apuradas pelo Jornal Midiamax são de que a jovem foi até a tabacaria da cidade e lá encontrou com o filho do vereador e outras pessoas, por volta das 22 horas. Ela disse que consumiu três cervejas e narguilé. A vítima contou que saiu do local só após seu fechamento. 

Na saída, o filho do vereador ofereceu carona para ela. No carro, além do autor e da jovem, estava o motorista. Durante o trajeto, o rapaz disse para que eles fossem para outro local se divertirem, mas a jovem se negou dizendo que queria ir para casa.

Mas, o trajeto foi alterado e a jovem levada para um motel. No local, ela disse ter consumido uma taça de champanhe e pediu para ir embora, mas foi cercada pelo filho do vereador que disse para se divertirem porque “não ia dar em nada”.

O rapaz ficou apenas de cuecas e passou a se esfregar na jovem, que o empurrou. Ele ainda passou as mãos na jovem mostrando seu órgão genital para a vítima.

O caso foi registrado como estupro de vulnerável, em razão da mulher estar com sinais de embriaguez. O filho do vereador segue detido e o caso deve ser investigado.