Ações de traficantes que utilizam localidades na faixa de fronteira de Mato Grosso do Sul são alvos da Operação Conexão Moscou, desencadeada pela Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) do Paraguai. Os destinos finais das drogas ficam na Ásia e também na Europa.

As investigações feitas pela Polícia Paraguaia apontam três suspeitos, que são procurados no âmbito da Conexão Moscou. Segundo uma nota divulgada pela Senad, na madrugada desta segunda-feira (28), foram feitas diligências em Cidade de Del Este e Concepción.

Ainda segundo informações da Senad, um dos envolvidos é Victor Ramón Sanabría Oporto. Ele é ex-prefeito de Belén, que fica no Departamento de Concepción, nas proximidades de Bela Vista, no Mato Grosso do Sul. O trio está foragido.