Corpo do prefeito de Pedro Juan Caballero é velado em Câmara da fronteira com MS

Velório ocorre quatro dias após atentado em Pedro Juan Caballero, quando médicos confirmaram morte cerebral
| 22/05/2022
- 08:03
Caixão com corpo do prefeito sendo carregado por familiares
Caixão com corpo do prefeito sendo carregado por familiares - ABC Color

O corpo do prefeito de Pedro Juan Caballero, José Carlos Acevedo, está sendo velado desde às 1h deste domingo (22), na da cidade, fronteira com Ponta Porã.

A morte cerebral de Acevedo foi confirmada no último sábado (21), pelo médico David Peña, no Hospital Viva Vida, onde sofreu um atentado no último dia 17.

Segundo informações do ABC Color, a sobrinha do prefeito, Belén Acevedo, afirmou não ter palavras para o trágico sofrimento da família. Ela é filha do governador de Amambai, Robert Acevedo.

Atentado

Na última terça-feira (17), Acevedo conversava com um em frente a prefeitura, quando os autores chegaram em um carro branco. Um deles desce pela porta do passageiro ao lado do motorista e outro pistoleiro saiu pela porta traseira. De acordo com informações, três pessoas estavam no veículo. Os dois então saem do carro, momento em que ocorre o atentado a tiros.

O criminoso que desce do banco traseiro, aparentemente dá cobertura. Inclusive, no momento da fuga, o motorista saiu do local com a porta traseira e do passageiro abertas e, ao perceber que o comparsa arranca com o veículo, o bandido que dava cobertura tem que correr atrás do carro.

O procurador José Luis Torres e o comissário-geral solicitaram prisões de quatro pessoas, supostamente envolvidas no atentado. Porém, ainda não foi esclarecido se seriam executores e mandantes do crime.

Além da polícia do Paraguai, a Polícia Federal também atua na região de fronteira para apurar o crime contra o prefeito. Uma mulher foi presa na manhã de quinta-feira (19), no bairro General Genez, em Pedro Juan Caballero.

Veja também

Últimas notícias