Ameaça após negar 'sexo a três', invasão de quarto e assalto: 7 vezes em que motéis viraram caso de polícia em MS

Não é de hoje que casais enfrentam perrengues na hora do "rala e rola" em motéis de Mato Grosso do Sul
| 22/07/2022
- 14:51
motéis
Relembre algumas vezes em que motéis foram notícia policial em MS - (Fotos: Reprodução/Redes Sociais e Henrique Arakaki/Midiamax)

Farra em motel no Recanto das Paineiras, em Campo Grande, repercutiu e deu o que falar nesta sexta-feira (22) após virar caso de polícia por casal quebrar chuveiro, controle de TV e comer todos os chocolates do local.

Mas, não é de hoje que clientes dessas pousadas destinadas ao sexo enfrentam alguns perrengues na hora do "rala e rola", alguns casos em Mato Grosso do Sul já deram muito o que falar. Relembre alguns dos mais marcantes nos últimos anos:

1 - Ladrão invade quarto de motel e tranca clientes em banheiro durante assalto

Um casal de namorados foi surpreendido em julho de 2018 em um quarto de motel, na Avenida Consul Assaf Trad, em Campo Grande, por um ladrão que invadiu o local. Eles foram trancados no banheiro. Conforme o boletim de ocorrência, o homem de 60 anos contou que estava no quarto com sua namorada quando, por volta das 21 horas, ouviu barulhos perto do carro na garagem do quarto. Ao abrir a porta para ver o que estava acontecendo, se deparou com o bandido.

Armado com uma , o ladrão entrou no quarto e trancou o casal no banheiro. Quando não ouviu mais barulhos, o casal saiu do cômodo e percebeu que celular, dinheiro e documentos tinham sido levados pelo bandido. A vítima ainda disse que seu carro também foi remexido pelo assaltante e a faca usada para cometer o crime foi entregue na delegacia.

2 - Sem pagamento de programa, mulher briga e casal acaba preso em MS

Em março deste ano, um homem e uma mulher foram presos após briga e dívida em motel de Dourados, cidade distante 225 quilômetros de Campo Grande. Além de não pagar o valor de R$ 500 combinado à garota de programa, o cliente, de 41 anos, também ficou devendo a conta do motel, no valor de R$ 120. Segundo a profissional do sexo, de 31 anos, além de não querer pagar, o homem tentou retirar seu telefone celular. Nesse momento, ela teria revidado provocando escoriações no rosto dele.

Após uma equipe da Polícia Militar ser acionada, o casal foi levado para a Depac (Delegacia de Pronto Comunitário) de Dourados.

3 - Cliente se nega a pagar conta de motel, agride dona do local e vai parar na delegacia em Campo Grande

Em maio deste ano, um homem de 30 anos foi parar na delegacia de Campo Grande depois de se negar a pagar a conta de um motel localizado na Avenida Duque de Caxias. Segundo a proprietária do motel, o cliente chegou ao local com mais duas pessoas, sendo que ingeriram bebidas alcoólicas e na saída, pediram para dividir a conta, que ficaria em R$ 70 para cada um. O total foi de R$ 270.

Um dos clientes se recusou a pagar a conta começando uma discussão com funcionários e a dona do estabelecimento. O homem acabou agredindo a proprietária a empurrando no chão, causando lesões nas costas. Com o autor foi encontrado dois comprimidos de citrato de sildenafila, indicado para disfunção erétil.

Ele foi levado para a delegacia, e o caso foi registrado como vias de fato, outras fraudes e resistência.

4 - Ex-namorada se recusa a ir até motel com casal e é ameaçada de morte

Já em 2016, uma mulher de 30 anos procurou a de Rio Brilhante, cidade a 158 quilômetros de Campo Grande, para denunciar o ex-namorado e a atual namorada dele. Eles teriam ameaçado a vítima de morte.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a vítima teve um relacionamento com o homem de 51 anos por aproximadamente 8 meses, mas terminaram há 2 meses. Ela afirmou que o ex e a então namorada dele, de 57 anos, mandavam mensagens para ela, fazendo propostas para que ela fosse em motéis com o casal.

Além disso, eles teriam enviado vídeos dos dois nus e a vítima se recusava. O casal então passou a ameaçar a mulher, dizendo que a mataria e que ela se arrependeria. Ela apresentou à polícia vários áudios em que é xingada pelo ex. O caso foi registrado na delegacia do município como ameaça.

5 - Ex-marido arromba porta de motel e ameaça mulher ao encontrá-la com namorado

Homem de 41 anos invadiu um motel localizado na BR-267, arrombou a porta de um dos quartos e ameaçou a ex-esposa, também de 41 anos, em novembro de 2021, na cidade de Bataguassu, distante 335 quilômetros da Capital.

Ele teria dito "como você fez isso comigo" logo após entrar no quarto e encontrá-la com o namorado. Conforme o site local Cenário MS, a mulher afirmou que ouviu alguém batendo na porta e, antes mesmo de abrir, o marido arrombou o local e entrou no quarto. Na delegacia, ela afirmou que não foi agredida, e em seguida o homem foi embora.

A vítima explicou que o ex-companheiro não aceitava o fim do relacionamento, terminado há mais de um ano. Durante este período, ela afirmou que era ameaçada pelo homem, que chegou a dizer que "se visse ela com outras pessoas, a coisa não ia ficar boa (sic)".

A mulher solicitou medida protetiva de urgência contra o ex-marido e o caso foi registrado como ameaça, em âmbito de violência doméstica, na delegacia da cidade.

6 - Deu ruim: Namorado vai a motel pagar empréstimo e terminar, mas apanha de mulher em Campo Grande

No mesmo dia, em novembro de 2021, um homem, de 35 anos, apanhou da ex-companheira ao combinar de terminar relacionamento e pagar empréstimo, em um motel localizado na Avenida Bandeirantes, em Campo Grande.

Segundo informações do boletim de ocorrência, o homem afirmou que eles tiveram um relacionamento durante nove meses. Contudo, nesse período, ocorreram diversas discussões e há duas semanas eles pararam de se falar.

Há alguns meses, o homem tinha pedido um valor emprestado para ela e estava encerrando os pagamentos. Eles combinaram de ir ao motel para acertar o valor e finalizar o relacionamento. Quando chegaram ao local, ela passou a agredi-lo com mordidas e arranhões.

Ele fez o pagamento do valor e disse que queria terminar o relacionamento, mas ela não aceitou. Durante a agressão, ela teria feito um vídeo e postado no Facebook. O caso foi registrado como lesão corporal dolosa na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro.

7 - Farra no motel tem quebra-quebra, 'rapa' no estoque de chocolates e bebidas e casal detido

O caso de polícia desta sexta-feira (22), que está dando o que falar, começou com uma farra em um motel no Bairro Recanto das Paineiras, em Campo Grande, que terminou com um casal de 34 e 49 anos na delegacia, durante a madrugada.

Funcionária do motel acionou a polícia por volta das 4h da manhã após ser ameaçada pelo cliente que não queria pagar a conta. "Abre aqui filha da p*, você vai ver sua desgraçada", gritava o autor para a funcionária que não permitiu a saída do casal sem o pagamento e os trancou no quarto que alugaram.

A polícia chegou e encontrou a colaboradora trancada no escritório, temendo por sua integridade física. Quando os policiais chegaram, encontraram a funcionária trancada no escritório, já que ela temia pela sua integridade física.

Os militares entraram no quarto onde estava o casal e perceberam que o local havia sido vandalizado, pois o chuveiro e o controle da televisão foram encontrados quebrados, além de todos os chocolate e as bebidas do bar terem sido consumidos. O valor do prejuízo chegou a R$ 500. No quarto, a polícia encontrou ainda apetrechos para uso de droga. A dupla foi levada para a delegacia.

Lembra de algum caso que faltou nesta lista? Envie para o nosso WhatsApp.

Fale com nossos jornalistas pelo WhatsApp

Tem alguma denúncia, flagrante, reclamação ou sugestão de pauta para o Jornal Midiamax? Envie direto para nossos jornalistas pelo WhatsApp (67) 99207-4330. O anonimato é garantido por lei.

Acompanhe nossas atualizações no Facebook, Instagram e Tiktok

Veja também

Marcola ainda chega a dizer para filho que não quer que ele se torne bandido

Últimas notícias