PMA teve aumente de 162,5% de autuações por maus-tratos em 2020

Em 2020, a PMA (Polícia Militar Ambiental) registrou um aumento de 162,5% em autuações nos casos de maus-tratos de animais. No ano passado foram 42 pessoas autuadas enquanto que no ano anterior 19 sofreram essa penalidade. Segundo a Ambiental, as ocorrências de maus-tratos são contra cachorros, gatos, equinos, bovinos, aves e até porquinho-da-índia. O animal […]
| 10/01/2021
- 13:39
PMA teve aumente de 162,5% de autuações por maus-tratos em 2020
Foto: Arquivo - Foto: Arquivo

Em 2020, a PMA ( Ambiental) registrou um aumento de 162,5% em autuações nos casos de maus-tratos de animais. No ano passado foram 42 pessoas autuadas enquanto que no ano anterior 19 sofreram essa penalidade.

Segundo a Ambiental, as ocorrências de maus-tratos são contra cachorros, gatos, equinos, bovinos, aves e até porquinho-da-índia. O animal mais afetado em 2020 foi o , repetindo o ano de 2019. Foram 25 ocorrências envolvendo este animal das 42 registradas, ou seja, 59,5%, número semelhante a 2019, quando o cachorro representou 50% dos autuados em ocorrências.

Em 2020, um total de 642 animais foram vítimas de crimes de maus tratos e 461 animais em 2019. Os valores de multas foram de R$ 357.550,00, número 40,5% maior do que no ano de 2019, que foi de R$ 254.500,00.

Conforme a PMA, a diferença nos números relativos a multas e autuados é comum, em razão de cada tipo de ocorrência. Número de autuados e valores de multas não significam maior quantidade de ocorrências, pois em alguns casos, as autuações são de grupos de pessoas em uma única ocorrência e todos respondem criminalmente e são multados no mesmo valor. Por exemplo, em rinhas de galho, em que todos presentes são responsabilizados, conforme a quantidade de animais maltratados, mesmo que não sejam os donos.

Também ao contrário, quando uma pessoa é autuada por maus-tratos a vários animais. Por exemplo, uma ocorrência no ano passado em que a PMA autuou um homem em R$ 118.000,00 por maus-tratos a 236 cabeças de gado bovino.

Veja também

Últimas notícias