Mundo

VÍDEO: 13 pessoas morrem em festa clandestina invadida por polícia, no Peru

Ao menos 13 pessoas, 11 homens e 2 mulheres, morreram esmagadas ou asfixiadas enquanto tentavam sair de uma festa clandestina em Lima, capital do Peru, invadida pela polícia na noite deste último sábado (23). Segundo o portal UOL, três policiais estão entre os feridos. As autoridades locais registraram cerca de 120 pessoas dentro da casa […]

Renata Fontoura Publicado em 23/08/2020, às 09h13 - Atualizado às 09h47

Policiais estão entre os feridos. (Foto: Reprodução / Twitter)
Policiais estão entre os feridos. (Foto: Reprodução / Twitter) - Policiais estão entre os feridos. (Foto: Reprodução / Twitter)

Ao menos 13 pessoas, 11 homens e 2 mulheres, morreram esmagadas ou asfixiadas enquanto tentavam sair de uma festa clandestina em Lima, capital do Peru, invadida pela polícia na noite deste último sábado (23). Segundo o portal UOL, três policiais estão entre os feridos.

As autoridades locais registraram cerca de 120 pessoas dentro da casa noturna chamada Thomas Restobar, após vizinhos denunciarem o evento. A ação policial ocorreu para dispersar a aglomeração que viola as restrições impostas pelo governo peruano para controlar a pandemia do coronavírus.

“Nessas circunstâncias, quando as pessoas começam a lutar para sair, tumultuado, todos vão uns contra os outros”, afirmou Orlando Velasco, da Polícia Nacional, à rádio local RPP, sobre as vítimas esmagadas e asfixiadas.

Um comunicado do Ministério do Interior alegou que as pessoas tentaram passar pela única porta de entrada do local e ficaram presas antes de escada que conduz à rua.

Ainda segundo o órgão, a polícia não usou armas ou gás lacrimogêneo em nenhum momento, conforme disseram moradores da região à mídia local.

Jornal Midiamax