A Polícia Civil de finalmente concluiu as causas do acidente aéreo que vitimou a cantora Marília Mendonça e outras quatro pessoas, em novembro de 2021. O resultado da investigação da perícia feita pelo Centro de Investigação e de Acidentes (Cenipa) vai ser apresentado nesta segunda-feira (15) à família de Marília Mendonça.

Familiares da cantora, bem como o advogado Robson Cunha, foram convidados a comparecer às 14h horas, na data mencionada, para receber o relatório final com as conclusões sobre a causa do acidente. O Cenipa, no entanto, não quis antecipar nenhuma informação sobre o resultado.

Antes disso, em 2022, Ivan Lopes, delegado que atua no caso, chegou a falar sobre alguns pontos já sanados pela polícia. Ele afirmou, por exemplo, que a perícia constatou que as condições meteorológicas estavam favoráveis para o voo na data do acidente e descartou que algo possa ter obstruído a visão do piloto.

O acidente

A cantora Marília Mendonça morreu aos 26 anos, vítima de um acidente aéreo, no dia 5 de novembro de 2021. Ela e mais quatro pessoas não resistiram à queda da aeronave em uma cachoeira, no município de Caratinga, de Minas Gerais, onde se apresentaria na data.

Até então, as causas do acidente são desconhecidas, mas a conclusão do laudo pericial deverá trazer alguma resposta para os e, principalmente, para a família.