Se você pensa em ovo de e imagina que é só chocolate ou, no máximo, um recheio de brigadeiro dentro, está muito enganado, pois, o que não falta por aqui é criatividade: creme de vinho, quindim, geleia de framboesa, pistache, frutas vermelhas e até pudim dentro da casca, algo que “bombou” no ano passado e continua sendo um dos líderes de pedido neste ano de 2023, em Campo Grande.

Especializadas no ramo, três confeiteiras conversaram com o MidiaMAIS. Maria Eduarda Amaral Dornelles, de 23 anos, que faz ovos de páscoa de quindim, conta que começou a trabalhar com doces no ano de 2019, recebendo encomendas para o daquele ano. Desde então, conciliava o trabalho com a faculdade.

Ovos de páscoa com recheio de quindim. Foto: Maria Eduarda Amaral/Arquivo Pessoal
Ovos de páscoa com recheio de quindim. Foto: Maria Eduarda Amaral/Arquivo Pessoal

Já formada como psicóloga, chegou a trabalhar na área, porém, chamou a família para conversar e decidiu realizar o sonho de empreender com os doces. “Minha família é do Rio Grande do Sul, onde o quindim é muito popular e muito consumido, então, logo que comecei a fazer os doces, fui pesquisar mais sobre quindins, ver informações, receitas e cursos. Depois, vieram os testes, adaptações em receitas e aí fui vendo o ponto ideal”, relembrou Maria.

Atualmente, ela faz quindins em diversos tamanhos. “Os menores geralmente ficam harmônicos em uma mesa, misturando com outros doces, mas, também recebo para serem servidos em reuniões e eventos. Os maiores também pedem e agora dentro dos ovos de páscoa. É é muito prazeroso, fazer este recheio e ver que combina com o chocolate, seja ele preto ou branco. Também tem um creme de coco e aí vem o quindim por cima. Tá fazendo sucesso, o pessoal ama, é algo diferente”, argumentou a confeiteira.

Ovos possuem recheios diferentes em Campo Grande. Foto: Bianca Garutti/Arquivo Pessoal
Ovos possuem recheios diferentes em Campo Grande. Foto: Bianca Garutti/Arquivo Pessoal

A empresária Bianca Garutti, de 34 anos, já premiada por criar “filtros” criativos para as redes sociais, também exala inovação na culinária. E tudo nasceu há 7 anos, quando ela queria comer um brownie bem saboroso e não conhecia quem fizesse, em Campo Grande. Após fazer em casa, serviu para os amigos e, em questão de duas semanas, já estava com um perfil no aberto e recebendo encomendas.

“Eu gosto daquele chocolate mais amargo, com a casquinha crocante e massa mais molhadinha, então, fui fazer. O doce não é a minha atividade principal e, por ser muito artesanal, atendo somente por temporadas, como halloween, Páscoa, Natal e algumas encomendas maiores para lembranças e casamentos. E aí vira e mexe vou criando uns sabores diferentes, como brownie nos sabores miso e matcha, que são exclusividade de um restaurante aqui”, contou.

Conforme Bianca, as bases são o chocolate branco, o tradicional, amargo e o chocolate ruby, que é belga e naturalmente cor-de-rosa. “Este último é bem difícil de achar e também mais caro, porém, faço questão de ter ele na páscoa. E com estas opções eu trabalho no formato casca mais brownie e recheio. E aí tenho receio lemon curt, que é limão-siciliano, pistache, geleia de framboesa e, para quem gosta mais doce, a nutella, por exemplo, entre outros sabores”, argumentou.

Recheio do bolo foi para ovo de páscoa e recheio para quem gosta "mais doce". Foto: Imais Fotografia/Arquivo Pessoal
Recheio do bolo foi para ovo de páscoa e para quem gosta “mais doce”. Foto: Imais Fotografia/Arquivo Pessoal

A também confeiteira, Yasmin Zampieri, 24 anos, fala que os sabores que fazem sucesso no ateliê são os de bruleé com frutas vermelhas e oreo branco recheado com nutella.

“O primeiro é porque é um dos bolos que mais saem no ateliê, então, passamos a fazer no ovo de páscoa também. É um brigadeiro com fava de baunilha natural e a nossa compota é artesanal, feita no ateliê. O cravejado com oreo no chocolate branco e recheado com nutella faz muito sucesso. Quando a pessoa abre, cai um mar de nutella”, finalizou Zampieri.

E você, já comprou o seu ovo de páscoa? Vai ser tradicional ou do tipo artesanal? Conte pra gente!

Fale com o WhatsApp do MidiaMAIS!

Tem algo legal para compartilhar com a gente? Fale direto com os jornalistas do MidiaMAIS através do WhatsApp.

Mergulhe no universo do entretenimento e da cultura participando do nosso grupo no Facebook: um lugar aberto ao bate-papo, troca de informação, sugestões, enquetes e muito mais. Você também pode acompanhar nossas atualizações no Instagram e no Tiktok.

Leia também:

Charme da casa já seria o suficiente, mas casal não cansa e enfeita com 200 coelhos na Páscoa

Crise nas Americanas afeta até MS, que terá páscoa atípica, com ovos mais caros e lucro menor

Apesar de itens mais caros, Páscoa deve movimentar R$ 256 milhões em MS