Os dois homens suspeitos de furtarem R$ 5 mil em produtos do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HR) foram demitidos pelo presidente da Fundação de Serviços de Saúde de Mato Grosso do Sul (Funsau) Rodrigo de Paula Aquino. A demissão foi publicada nesta quinta-feira (15), no Diário Oficial do Estado (DOE).

Conforme a publicação, Antônio Cesar Ortega e Elias Domingos da Silva foram demitidos com base em julgamento constante no processo administrativo disciplinar. Foram acolhidos na integra o relatório da comissão processante e decidida pelas demissões. O furto aconteceu no dia 23 de janeiro deste ano.

Furto – Antônio César Ortega, 46 anos, foi preso pela Polícia Militar na tarde do dia 23. Ele teria juntamente com Elias Domingos da Silva, 33 anos, tentado furtar mais de R$ 5 mil reais em produtos hospitalares do hospital.