O ministro Carlos Lupi (Trabalho) disse nesta manhã, em Campo Grande, que uma das determinações da presidente Dilma é que reduza as diferenças salariais entre o homem e a mulher no mercado de trabalho brasileiro.

Hoje, segundo Lupi, a mulher recebe em torno de 35% a menos que os homens, mesmo ocupando funções parecidas. Outra tarefa do ministro, segundo ele, determinada por Dilma, é combater com rigo a prática do trabalho escravo no país.

Carlos Lupi veio a Campo Grande participar da Conferência Regional dos Trabalhadores para o Emprego e Trabalho Decente. O ministro lança também na cidade o portal Mais Emprego. Logo após esses eventos, Lupi segue para uma reunião com a cúpula regional do PDT para debater as estratégias de campanha eleitoral do ano que vem.