A segunda edição da Maratona de foi oficialmente lançada nesta terça-feira (2), em solenidade realizada no Bioparque do Pantanal. A prova acontecerá no dia 2 de julho, e a expectativa é de que duas mil pessoas marquem presença no evento.

A principal novidade, anunciada na cerimônia de lançamento, é a homologação da maratona, ou seja, o percurso de 42 quilômetros e 195 metros será conferido e medido pela FAMS (Federação de Atletismo de Mato Grosso do Sul), por meio de arbitragem durante a prova. Com isso, o atleta poderá usar seu tempo avaliado para participar de provas nacionais, e até mesmo solicitar o Bolsa Atleta.

De acordo com o diretor-presidente da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul), Herculano Borges, o evento pretende fomentar o turismo em Campo Grande, já que deve reunir competidores de MS e de fora do estado. “Um evento dessa magnitude reúne competidores de Mato Grosso do Sul, do Brasil e até de fora, gerando também um grande fluxo turístico”, afirma.

O trajeto que será percorrido pelos corredores passa pelos principais pontos da cidade, visando apresentar Campo Grande para quem vem de fora, e proporcionar um novo olhar sobre a cidade, para quem já é morador.

A Maratona terá largada e chegada na Cidade da Maratona, nos altos da Afonso Pena, e percurso pelas ruas da capital. A prova também terá percursos de 7 km, 21 km e o kids, para crianças de 3 a 13 anos.

As premiações para os primeiros colocados da maratona somam cerca de R$ 10 mil. Outra novidade é que haverá premiação por categoria de faixa etária nos três percursos. As inscrições estão no terceiro lote e as vagas são limitadas.

Além das provas, haverá outras programações na Cidade da Maratona, entre os dias 30 de junho e 2 de julho. A inclui shows, palestras, e atrações culturais, com entrada franca. A expectativa é de que sete mil pessoas circulem pelo evento, neste período.