Atingido por um saco de pipoca arremessado por um torcedor, na saída do gramado da Arena Pantanal, em Cuiabá (MT), onde o Brasil empatou por 1 a 1 com a , ficou irritado com o episódio. Então, após a partida, o principal astro de seleção brasileira disse que apenas sentiu algo tocando em sua cabeça, mas não viu o que era.

Nervoso, Neymar reagiu imediatamente e proferiu xingamentos em direção à arquibancada. Depois, na zona mista do estádio, mais calmo, criticou a atitude do torcedor.

“Obviamente é muito triste. Não venho aqui de férias, muito menos para passear. Vim fazer o que eu mais amo, que é jogar futebol e defender meu país. Obviamente, a gente está ali fazendo nosso melhor, dando nosso melhor, e muitas vezes o resultado não vem, não é o que o torcedor espera. Não vi o torcedor que arremessou. Só vi na hora que pegou em mim, fiquei bem nervoso”, disse.

“Esse tipo de atitude eu condeno, não tem de fazer. É muito ruim para o futebol, para o ser humano. Um cara que faz esse tipo de coisa não é um cara educado, não vai conseguir educar seu filho da melhor maneira possível. Se ele reclama tanto, deveria ter treinado melhor e estar dentro de campo, não eu”, concluiu.

‘Arremessar um pacote de pipoca não agrega em nada’, diz Diniz

Assim, a conduta do torcedor também foi criticada pelo treinador Fernando Diniz. “Eu reprovo completamente. Xingar e vaiar, tudo bem. Agora, arremessar um pacote de pipoca não agrega em nada para ninguém, é um desrespeito com quem veio jogar e tentou fazer o melhor possível”, disse o comandante da seleção brasileira durante coletiva de imprensa.

Neymar até tentou trazer o protagonismo do jogo para si, mas, em descompasso com Vinícius Júnior, não conseguiu aproveitar ou criar chances muito boas. Saiu dos pés dele a cobrança de escanteio que encontrou o zagueiro Gabriel Magalhães na área para abrir o placar para a seleção.

O empate com a Venezuela faz o Brasil perder os 100% de aproveitamento nas Eliminatórias e, consequentemente, a liderança do torneio. Assim, a Argentina, que bateu o por 1 a 0 em Buenos Aires, assumiu a ponta. Então, o próximo compromisso da seleção brasileira será contra o Uruguai, terça-feira (17), às 20h (de MS), em Montevidéu.

Saiba Mais