Comerciantes e o sindicato acordaram na Convenção Coletiva de Trabalho 2022/2024, na quinta-feira (5), que o comércio de Aquidauana e Anastácio não abrirá durante os domingos. Os trabalhadores da categoria também ganham reajuste no piso salarial que passa a ser R$ 1,5 mil retroativos a novembro do ano passado.

Conforme o presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio Varejista e Atacadista de Aquidauana e Região e líder sindical da Fetracom–MS (Federação dos Trabalhadores no Comércio e Serviços de Mato Grosso do Sul), Douglas Rodrigues Silgueiro, para quem ganha acima do novo valor, o reajuste será de 9%, também retroativos.

“Trata-se de uma medida mais do que justa, pois seis dias são suficientes para o comércio funcionar perfeitamente e deixar o domingo não só para o descanso, mas para o fortalecimento das famílias”, disse.

A convenção negociou outras cláusulas com a classe patronal, como quando coincidir de numa semana houver um feriado, por exemplo, o Ano novo, Sexta-feira da Paixão, Dia do Trabalho e Natal, será permitido o expediente dos empregados no domingo daquela semana, até às 12h daquele dia. Os empregados de açougue, conveniências, mercearias, mercados, supermercados e hipermercados receberão 130% de horas extras ou a folga compensatória semanal.