O forte calor que toma conta de não espantou amigos e familiares de prestarem suas homenagens aos entes queridos nesta quinta-feira (2), Dia de Finados, nos cemitérios da Cidade Branca.

Logo cedo, às 5h, quando os locais abriram, muitas pessoas já esperavam para entrar e visitar os túmulos dos familiares. Conforme o site Diário Corumbaense, missas são celebradas desde as 7h, no Santa Cruz, o maior da cidade.

Roberta de Oliveira Maisatto, veio junto com a mãe e avó, de 95 anos. Sentadas em frente ao túmulo da família, elas prestaram homenagens ao avô e pai de Roberta. Um altar foi montado, com fotos dos falecidos e também a imagem de uma santa.

Se protegendo do sol forte, Dinaulte Natalio Conche, veio com toda a família render homenagens aos pais. Eles trouxeram um sombreiro para se proteger do sol, já que ao redor do túmulo não há nenhuma sombra.

“É uma tradição da nossa família. Relembramos os ensinamentos que nossos pais nos deixaram, isso nos mantém unidos e perseverantes na crença em Deus. Fazemos as nossas orações e seguimos a vida. Eram os dois pilares da família, pai e mãe, além de filhos e netos que já se foram. Apesar de termos eles constantemente na nossa vida, hoje é um dia especial de rendermos essa homenagem. É um dia que representa tanto a união familiar e em Deus, mantendo a nossa fé viva por eles e pelo legado que nos deixaram”, disse Dinaulte.

finados
Família reunida em volta de túmulo (Anderson Gallo, Diário Corumbaense)