Cinco sul-mato-grossenses morreram em decorrência da , na última semana, elevando o número de vítimas fatais para 186 desde o início do ano. Foram registrados 822 casos positivos, totalizando 25.718 neste ano. Os dados são do boletim da SES-MS (Secretaria Estadual de Saúde), sobre a 45ª semana epidemiológica. 

Os números apontam um forte aumento em casos positivos. Foram 442 testes positivos na semana anterior e 822 nos últimos sete dias, o que representa alta de 85.97% no período. A Capital liderou o ranking de novos casos, com 116 testes positivos.

Três vítimas fatais desta semana são de Campo Grande, uma de Dourados, a 229 km da Capital, e outra de , a 326 km de Campo Grande. 

A pessoa mais nova era uma mulher de 41 anos, moradora da Capital, que tinha imunodeficiência/imunossupressão.

Confira quem eram as demais vítimas:

  • Homem de 67 anos, morador de Campo Grande. Tinha como comorbidade relatada;
  • Mulher de 90 anos, residente de Dourados. Entre as comorbidades estavam doença cardiovascular crônica, doença neurológica crônica e obesidade;
  • Mulher de 94 anos, moradora da Capital. Ela tinha diabetes como comorbidade;
  • Mulher de 65 anos, residente de Três Lagoas, que tinha doença cardiovascular crônica

Vacinação

O boletim também aponta que todas as faixas etárias têm grupos com dose da vacina da Covid-19 em atraso. A situação mais crítica é a segunda dose de reforço para pessoas com 35 anos ou mais, em que 52,6% não tomaram a vacina. 

A vacina da Covid-19 segue disponível em dezenas de unidades de saúde em Campo Grande. 

Clique aqui e confira onde se imunizar.

Saiba Mais