Mais de 25 mil pessoas de Mato Grosso do Sul foram infectados com em 2023, mas o número de casos prováveis da doença passa de 44 mil, entre janeiro e maio. Já o número de mortes confirmadas em decorrência da dengue, chega a 26, sendo outras 13 em investigação.

Os dados são do boletim epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (24), pela (Secretaria Estadual de Saúde). Na última semana, o Estado confirmou mais de dois mil casos de dengue e quatro mortes.

Mato Grosso do Sul segue com alta incidência de dengue no Estado, bem como 70 dos 79 municípios. Entre o total de casos confirmados, 7.610 estão em Campo Grande e 3.601 em Três Lagoas. Os demais municípios apresentam menos de 100 casos confirmados.

Das 26 mortes de 2023, quatro foram confirmadas na última semana. Sendo uma mulher de 28 anos, moradora de Campo Grande.  Um homem de 70 anos de , um homem de 60 anos de Rio Verde de Mato Grosso e outro homem de 43 anos de .

Casos de Chikungunya passam de 800 em MS

Mato Grosso do Sul também está em alerta, devido a média incidência para .  São 863 casos confirmados em 2023, além de 4.724 prováveis casos da doença.

A doença fez duas vítimas fatais no estado este ano, sendo dois homens de 70 e 43 anos, respectivamente. A doença também foi confirmada em 24 gestantes. Os casos se concentram em , onde há 544 confirmações. Em Maracaju são outros 90 casos confirmados.

Saiba Mais