Hilda de Souza Ferreira, no Bairro Coophatrabalho, dispensou os alunos mais cedo, nesta quinta-feira (19), após o temporal que derrubou parte da cobertura da unidade, em .

O local atingido é o pátio da escola, que desabou no começo da tarde. Conforme uma mãe de aluno, a escola pediu para os pais buscarem as crianças mais cedo.

Parte do teto que caiu está bloqueando a entrada de algumas salas de aula e por isso, a escola ainda não sabe quando será o retorno dos alunos. “Eles ficaram de avisar no grupo da escola. Vai depender do pessoal vir e olhar”, disse a mãe ao Jornal Midiamax.

Em nota, a Semed (Secretaria Municipal de Educação) explicou que parte do forro do corredor e da entrada da escola que cederam. Uma equipe de manutenção já está na unidade para fazer os levantamentos.

A secretaria ainda salienta que a rotina escolar segue normalmente e nenhum ou aluno foi atingido.

Confira o vídeo:

Alunos enfrentaram alagamento

A tempestade de 30 minutos que atingiu Campo Grande foi suficiente para causar diversos estragos. No bairro Santa Emília, várias ruas ficaram totalmente alagadas e alunos de uma escola municipal precisaram se arriscar pela água.

A chuva ocorreu das 13h às 13h30, bem no horário de chegada dos alunos à Escola Municipal Professora Maria Tereza Rodrigues, no bairro Santa Emília. Porém, pais de alunos afirmam que toda vez que chove complica para os alunos.

Temporal, granizo e queda de árvores e poste

Temporal surpreendeu moradores por vir acompanhado de pedras de granizo, principalmente na região norte da Capital. Em menos de 30 minutos, o tempo fechou anunciando chuva forte. O temporal começou e logo as pedras de gelo – algumas bem grandes – caíram.

Um morador até coletou as pedrinhas de gelo para ‘garantir’ o tereré da tarde.

Na Avenida Duque de Caxias, um poste de energia caiu com a força do temporal e a região está sem  elétrica. Na Afonso Pena com a 14 de Julho, em frente à Praça Ary Coelho, uma árvore de médio porte caiu bloqueando o trânsito.

De acordo com leitores do Jornal Midiamax, a árvore localizada no canteiro caiu com a força do vento e está bloqueando a avenida 14 de julho. Um carro teria sido atingido pelos galhos, mas ele deixou o local.