Servidora é investigada em MS por alterar o próprio cargo e receber a mais

Um colega que teria auxiliado no esquema também é alvo
| 21/02/2022
- 12:24
Fachada da Prefeitura Municipal de Naviraí
Fachada da Prefeitura Municipal de Naviraí - Divulgação

Uma servidora municipal de Naviraí, a 359 quilômetros de Campo Grande, está sendo investigada por suspeita de fraude no sistema de recursos humanos, a fim de receber salário maior por meio de horas extras e outros benefícios. Um colega que teria auxiliado no esquema também é alvo.

O inquérito foi instaurado pelo promotor Daniel Pívaro Stadniky, da 2ª Promotoria de Justiça daquela comarca. Conforme edital publicado no Diário Oficial do (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) desta segunda-feira (21), os fatos teriam ocorrido entre os meses de julho de 2021 e janeiro de 2022.

“[...] inquérito civil com o objetivo de apurar a notícia de que a servidora pública municipal [...] recebeu indevidamente subsídio, mediante alteração de cargo no sistema de pagamento dos servidores públicos municipais, [...] enriquecendo-se indevidamente em detrimento do erário do Município de Naviraí”, lê-se no edital.

Os fatos vieram à tona por meio de uma denúncia encaminhada à ouvidoria. Com ajuda do outro servidor, a suspeita teria alterado o registro de funcionários e inserido horas extras não trabalhadas. Além disso, alterou o próprio cargo, deixando de ser apenas assistente administrativo, para ser oficial administrativo, o que o levou a ganhar mais.

Neste sentido, o promotor abriu as investigações contra os dois servidores, bem como solicitou o registro de acessos do sistema por parte de funcionários da empresa responsável. O objetivo é confirmar qual usuário acessou o sistema e inseriu as informações falsas.

Veja também

Ao todo, são 25 vagas para os diversos comandos da Marinha no país

Últimas notícias