James Rudy Silveira, funcionário público, cancelou a viagem que realizava em Bonito preocupado com o destino dos peixes que possui em sua residência, no Aero Rancho, em Campo Grande. O motivo? O temporal causou queda de energia na casa do funcionário público.

A tempestade teve início na noite deste domingo (13), em Campo Grande. Diversos bairros ficaram sem energia. No caso de James, foram horas no escuro, sem saber o destino de seus peixes.

O morador conta que estava em Bonito no momento da tempestade e percebeu a queda de energia por conta de câmeras instaladas em sua residência, localizada no bairro Aero Rancho.

Por possuir três aquários, que precisam ser mantidos com filtros ligados, a falta de energia preocupou o morador, que deixou o município onde passeava e retornou para casa.

“Meu filho ficou para fora, pois só estava com o controle do portão. Sem energia, não pode entrar”, contou o morador.

Revoltado com a situação, James reclamou da concessionária de energia. “Não pode dar um chuvisco que a energia cai”, disse.

“Já perdi equipamentos e não adianta mandar para eles ressarcirem que não consegue. Uso o seguro da casa, mas fico no prejuízo algumas vezes”, comentou.

O morador comentou que a energia foi reestabelecida por volta das 15h horas desta segunda-feira (14). Já em casa, James encontrou os animais ainda com vida.

“Não perdi nenhum, graças a Deus”, finalizou.

Tempestade causou queda de energia em 27 bairros

Anteriormente, a Energia divulgou balanço informando que a tempestade registrada causou queda de energia em 27 bairros de Campo Grande entre a noite de domingo e manhã desta segunda.

Conforme a nota da concessionária, a chuva impactou principalmente as regiões sul, sudoeste e centro do Estado.

De acordo com o Inmet, Campo Grande registrou rajadas de ventos de 90 km/h e 319.918 descargas atmosféricas.

A empresa afirmou ter triplicado o número de equipes em campo para atender às ocorrências de falta de energia na Capital e também no interior do Estado.

Já no final da tarde, a Energisa informou ter reestabelecido o fornecimento de energia em todas as residências de Campo Grande. Entretanto, a queda de energia ainda afeta 30% dos clientes da empresa no interior do Estado.

“A Energisa segue o plano de contingência após a forte tempestade que atingiu Mato Grosso do Sul, entre o domingo e o dia de hoje (14)”, informou.

“A quantidade de clientes normalizados após o impacto do temporal é de 70%. Em Campo Grande, neste momento, não há bairros sem energia na sua totalidade”, disse a empresa.