MS vai esperar Ministério da Saúde para aplicar 5ª dose da vacina contra covid-19

Para aplicar 4ª dose da vacina, Estado não esperou nota técnica do Ministério da Saúde
| 06/06/2022
- 08:29
vacina covid
SES foca ações em vacinação de adolescentes (Foto: Leonardo de França/Jornal Midiamax)

Mato Grosso do Sul vai aplicar a quinta dose da vacina contra a Covid-19 assim que o Ministério da Saúde abrir nacionalmente a nova fase da vacinação. Primeiro estado do a aplicar a 5ª dose, São Paulo deu início aos trabalhos na semana passada.

De acordo com a SES-MS (Secretaria de Estado de Saúde), o foco atual das ações de imunização contra a covid está na aplicação da terceira dose em adolescentes, iniciada em 30 de maio.

Até semana passada, segundo a secretaria, 91% dos adolescentes do Estado já tinham tomado a primeira e segunda dose da vacina contra covid.

MS aplicou 4ª dose da vacina antes de início nacional

Além da aplicação em adolescentes, Mato Grosso do Sul aplica ainda a quarta dose da vacina para pessoas com mais de 50 anos desde março deste ano. Qualquer pessoa com mais de 50 anos e que tenha tomado a terceira dose há mais de quatro meses pode ser imunizada.

Nacionalmente, o Ministério da Saúde ampliou apenas neste sábado (4) a nova fase de aplicações da quarta dose. A nota técnica do Ministério foi assinada na quinta-feira (2) após anúncio do ministro Marcelo Queiroga.

Neste caso, Mato Grosso do Sul deu início às aplicações antes da abertura nacional da imunização, situação que difere da aplicação da quinta dose, já que o Estado informou que vai aguardar o Ministério da Saúde para iniciar as aplicações.

Não há de quando o Governo Federal deve publicar nota técnica detalhando a aplicação da quinta dose. O Estado de São Paulo faz as novas aplicações em idosos acima de 60 anos e pessoas imunossuprimidas.

De acordo com o Vacinômetro MS, até a manhã desta segunda-feira (6), 359.655.794 doses da vacina contra covid foram aplicadas no Estado. O número representa 78,21% do público com esquema vacinal completo, que conta com primeira e segunda doses.

Detalhamento de quantas pessoas se imunizaram com terceira e quarta dose não está disponível nos sistemas da Saúde do Estado porque o e-vacine se encontrava fora do ar até a publicação desta reportagem.

Veja também

Entregas foram feitas junto com presidente do Incra, Geraldo Melo Filho

Últimas notícias