O (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) instaurou inquérito para apurar a falta de terapeutas ocupacionais no Caps (Centro de Atenção Psicossocial) AD IV, localizado no São Bento, em . O edital foi publicado no Diário Oficial desta segunda-feira (7).

Conforme o documento assinado pela promotora Daniela Cristina Guiotti, da 76ª Promotoria de Justiça da Saúde Pública, as investigações tiveram início a partir de um estudo técnico realizado pelo CRM (Conselho Regional de Medicina).

O relatório apontou a falta de terapeuta ocupacional na unidade que é destinada ao atendimento de pessoas com problemas com álcool e drogas. Acionada, a (Secretaria Municipal de Saúde) disse que adotaria providências para a lotação dos profissionais.

Disse ainda que na ocasião, quando a instrução foi iniciada, ainda em 2020, havia até processo seletivo aberto para contratações, mas a administração esbarrava na falta de profissionais interessados. Assim, como ainda há pendências, a promotoria segue com o procedimento.