‘Falso médico’ flagrado atendendo em hospital cursou medicina por 3 anos no Paraguai

Ele apresentou ao hospital o CRM de uma médica de São Paulo
| 24/05/2022
- 18:27
‘Falso médico’ flagrado atendendo em hospital cursou medicina por 3 anos no Paraguai
Foto: Reprodução

O falso médico, flagrado atendendo em hospital particular de Costa Rica, a 395 km de Campo Grande, relatou em depoimento à polícia que estudou medicina por três anos no Paraguai. Ele usava CRM falso, que pertence, na verdade, à uma médica de São Paulo.

Conforme disse o delegado Caique Ducatti, o rapaz relatou que estudou no vizinho e chegou a tentar transferência para universidade pública no estado de Alagoas, mas não conseguiu e retornou para o de MS, onde procurou atendimento na FHCR (Fundação Hospitalar de Costa Rica).

“Ele disse em depoimento que foi até a fundação, disse que teria o CRM e apresentou o número. Ele não realizou nenhum atendimento sozinho, sempre estava acompanhado de outro médico, que mostrava como funcionava o hospital. Ele não teve nenhuma remuneração nesse tempo e confirmou que não tinha CRM”, disse Ducatti à reportagem.

O rapaz, que relata ‘não saber porque fez isso’, tinha carimbo, jaleco e aparelhos de um médico. “Ele não causou nenhuma situação mais grave, que pudesse colocar em risco a vida de algum paciente. Ele foi ouvido e o caso já foi encaminhado ao poder judiciário”, disse.

O caso se enquadrou em contravenção penal, por se tratar de infração de menor gravidade.

Veja também

Trechos serão liberados entre terça e quarta

Últimas notícias