Evento no Aquário do Pantanal tem susto e desmaio com mulher enroscada em projetor

Durante apresentação, mulher acabou pendurada no equipamento em frente à plateia incrédula
| 16/05/2022
- 11:37
Cerimonialista sofreu acidente de trabalho, no auditório do Aquário do Pantanal
Cerimonialista sofreu acidente de trabalho, no auditório do Aquário do Pantanal - Nathalia Alcântara, Midiamax

Uma cerimonialista desmaiou após ficar enroscada em um projetor, na manhã desta segunda-feira (16), no auditório do Aquário do Pantanal.

No local, estava sendo realizado o lançamento da 2ª Edição do Programa de Iniciação Científica e Tecnológica, com a presença do governador (PSDB).

Já no fim do evento, o toldo da apresentação foi enrolando e a blusa da mulher supostamente enroscou e ela foi levada para cima. Apavorada, a cerimonialista começou a gritar e os técnicos do local conseguiram tirá-la.

Quando desceu, a mulher desmaiou, foi socorrida e encaminhada para a sala de primeiros socorros existente no Aquário do Pantanal. Foi informado ao Jornal Midiamax que se os socorristas achassem necessário, ela seria transferida para uma unidade de saúde.

A princípio, ela teria machucado o braço, por ter ficado presa no toldo. Por ser um evento de tecnologia, os presentes acharam que o acidente de trabalho poderia ser uma encenação, mas só se deram conta quando ela ficou apavorada e pediu ajuda.

Evento

A 2ª edição do PICTEC (Programa de Iniciação Científica e Tecnológica de Mato Grosso do Sul), com previsão de 500 bolsas, foi lançada nesta segunda-feira (16) no Bioparque Pantanal.

O PICTEC beneficia estudantes e professores do ensino médio de escolas da rede pública de ensino e é uma ação da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), por meio da (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia).

Depois de contemplar no ano passado 50 professores/coordenadores e 188 alunos com bolsas, no valor de R$ 1,368 milhão, o PICTEC ganha nova edição em 2022 para selecionar 100 projetos de pesquisa científica e tecnológica propostos por professores que orientarão até quatro estudantes para o aprendizado do método científico.

Para esta chamada serão distribuídas até 400 bolsas na modalidade Bolsa de Iniciação Científica (IC-A) para estudantes do ensino médio ou ensino técnico integrado ao ensino médio, com valor mensal fixado em R$ 400; e até 100 bolsas na modalidade Bolsa de Apoio à Capacitação e Transferência de Tecnologia (ACTT–F) para professores-orientadores, no valor mensal fixado em R$ 800, ambas com duração máxima de 12 meses. O orçamento do programa é de R$ 2,8 milhões.

Veja também

O livro ‘As aventuras de Mário ‘ nasceu a partir das conversas e das produções de Rian durante as aulas

Últimas notícias