MS lança Programa de Iniciação Científica e Tecnológica com previsão de 500 bolsas

Serão distribuídas até 400 bolsas de Iniciação Científica e até 100 bolsas de Apoio à Capacitação e Transferência de Tecnologia
| 16/05/2022
- 07:54
Lançamento do programa terá presença do governador Reinaldo Azambuja
Lançamento do programa terá presença do governador Reinaldo Azambuja - Subcom

A 2ª edição do PICTEC (Programa de Iniciação Científica e Tecnológica de Mato Grosso do Sul), com previsão de 500 bolsas, vai ser lançada nesta segunda-feira (16) no Bioparque Pantanal, a partir das 10h, com a presença do governador (PSDB).

O PICTEC beneficia estudantes e professores do ensino médio de escolas da rede pública de ensino e é uma ação da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Familiar), por meio da Fundect (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia).

Depois de contemplar no ano passado 50 professores/coordenadores e 188 alunos com bolsas, no valor de R$ 1,368 milhão, o PICTEC ganha nova edição em 2022 para selecionar 100 projetos de pesquisa científica e tecnológica propostos por professores que orientarão até quatro estudantes para o aprendizado do método científico.

Para esta chamada serão distribuídas até 400 bolsas na modalidade Bolsa de Iniciação Científica (IC-A) para estudantes do ensino médio ou ensino técnico integrado ao ensino médio, com valor mensal fixado em R$ 400; e até 100 bolsas na modalidade Bolsa de Apoio à Capacitação e Transferência de Tecnologia (ACTT–F) para professores-orientadores, no valor mensal fixado em R$ 800, ambas com duração máxima de 12 meses. O orçamento do programa é de R$ 2,8 milhões.

Veja também

A previsão é que o evento com Harfouche seja feito na próxima terça-feira

Últimas notícias