Cresce mais de 500% número de produtos impróprios para consumo nos supermercados de Campo Grande

Cerca de 112% de irregularidades e produtos vendidos foram encontrados em comércios no ano passado
| 20/01/2022
- 11:37
Cresce mais de 500% número de produtos impróprios para consumo nos supermercados de Campo Grande
(Foto: Ilustrativa/Arquivo Midiamax)

O (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) divulgou, nesta quinta-feira (20), um levantamento comparativo de infrações cometidas por supermercados de Campo Grande durante 2020 e 2021. Considerando que a fiscalização foi feita em um número menor de estabelecimentos no ano passado, o acréscimo em produtos encontrados vencidos foi de 112%.

Conforme o balanço, a vistoria foi feita em 115 supermercados em 2020, onde foram encontrados 4.677 produtos vencidos, enquanto em 95 unidades fiscalizadas no ano passado, foram encontrados 9.928 produtos fora da validade. Já os produtos impróprios para consumo foram de 494 para 3.280, um aumento de 563,97%.

Com relação aos itens com divergência de preços, a (Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho) detectou que houve redução de 12,62%, e produtos que não apresentam informação ao consumidor, foi de 723 para 629 no ano anterior, ou seja, de 14,38% a menos no comparativo. Já os itens descartados foram de 134,59% a mais, de 5.894 para 13.827. 

Após constatação das irregularidades, 68 estabelecimentos foram autuados e 47 unidades foram notificadas por infrações leves. Em 2021, foram 51 autuadas e 45 com expedição de relatório de visita. 

“Nossa vigilância é permanente. Entretanto, é necessário que os consumidores fiquem atentos e denunciem eventuais irregularidades”, explicou o superintendente do Procon-MS, Marcelo Salomão.

Veja também

As atividades têm início às 16h e seguem até 22h

Últimas notícias