De 87 mil crianças de 3 a 4 anos aptas a tomarem 1ª dose, menos de 2% foram vacinadas em MS

Até esta segunda-feira (25), apenas 1,4 mil crianças na faixa etária haviam se vacinado
| 25/07/2022
- 16:16
vacina covid
Imagem ilustrativa - (Foto: Arquivo, Leonardo de França, Jornal Midiamax)

Liberada pelo há uma semana, a aplicação de vacinas contra a Covid-19 em crianças de 3 a 5 anos com a Coronavac teve início em Mato Grosso do Sul há 10 dias. Até esta segunda-feira (25), foram vacinadas 1.411 crianças de 3 a 4 anos, que corresponde a menos de 2% do apto a tomar a dose em MS.

Conforme informações da SES (Secretaria Estadual de Saúde), 87 mil crianças com idades de 3 a 4 anos podem ser vacinados no estado. O público com idade de 5 anos já estavam sendo vacinados com a dose pediátrica da Pfizer.

Em MS, 106.831 doses foram aplicadas em pessoas de 5 a 11 anos e, dessas, 47.411 receberam a dose 2. Ou seja, ainda restam 59.420 crianças e pré-adolescentes para tomarem a D2 no estado.

Em Campo Grande, a vacinação só teve início no dia 19 de julho, no entanto, o total de doses aplicadas neste público na Capital ainda não consta no painel de monitoramento das vacinas. No primeiro dia, foram 170 crianças vacinadas. Ferramenta disponibilizada pelo Estado com base nos dados municipais.

Coronavac aprovada pela Anvisa

A Coronavac já era aprovada para crianças e adolescentes de 6 a 17 anos no Brasil. Na ocasião da aprovação, o Butantã já havia pedido liberação para o público de 3 a 5 anos. Porém, a Anvisa considerou que os dados apresentados ainda eram incipientes.

A avaliação técnica para ampliação do público, ocorrida nesta semana, levou em consideração novos indicadores, dentre eles, estudo de efetividade realizado no Chile, que mostrou 55,06% de efetividade da Coronavac na prevenção de hospitalização de crianças de 3 a 5 anos.

A sugestão da área técnica é para que a aplicação da Coronavac ocorra em crianças de 3 a 5 anos que não sejam imunocomprometidas (como crianças em tratamento para câncer ou transplantadas). A dosagem para essa faixa etária deve ser a mesma da de adultos e o intervalo entre as doses, de 28 dias.

A vacinação de crianças menores de 5 anos já ocorre em outros países, como os Estados Unidos, que liberaram o uso emergencial das vacinas da Moderna e da Pfizer em bebês a partir de 6 meses de idade. No Chile, a Coronavac é aplicada desde dezembro do ano passado em crianças a partir de 3 anos. China e Hong Kong também aplicam a Coronavac em crianças menores de cinco anos.

Veja também

Inscrições devem ser feitas presencialmente em Dourados

Últimas notícias