Cantor que morreu quando viajava para fazer show em Terenos será velado em Campo Grande

Ele seguia sozinho no veículo em direção à cidade onde faria show na noite deste sábado
| 03/07/2022
- 07:31
henrique e eduardo
Cantor Eduardo, da dupla com Henrique, morreu ao cair em córrego quando ia para Terenos - (Foto: Arquivo Pessoal)

Será velado ainda na manhã deste domingo (3) o cantor Eduardo, da dupla sertaneja Henrique e Eduardo, que faleceu na tarde deste sábado (2) em um quando viajava para fazer um show em Terenos.

Eduardo era o nome artístico de Adjaldo Garcia Custódio, de 38 anos. O músico não resistiu ao sofrer um acidente e cair no córrego Barreiro com um Hyundai HB20 que conduzia na região do assentamento Santa Mônica, em Terenos, a 30 quilômetros de Campo Grande, na tarde deste sábado (2). Ele seguia sozinho no veículo.

Conforme divulgado pela equipe da dupla nas redes sociais, o velório de Eduardo será em Campo Grande, neste domingo (3), na Assembleia de Deus do Monte Castelo, localizada na Avenida Monte Castelo, número 1451.

"Com imenso pesar, informamos o falecimento do amado amigo, irmão e ente querido Adjaldo Garcia, o Eduardo, da dupla Henrique e Eduardo", diz story publicado na rede social da dupla. O horário da despedida ainda não foi confirmado.

O acidente

Em um vídeo publicado nas redes sócias, os dois sertanejos que são irmãos e moradores de Campo Grande, anunciaram o show na festa julina da Escola Estadual Antônio Valadares, em Terenos, que seria realizado na noite deste sábado (02).

De acordo com a moradora Bruna Oliveira, a suspeita de que o rapaz estava em alta velocidade na curva, acabou colidindo na ponte e caindo. O Hyndai HB20 capotou e ficou com as rodas para cima. O condutor ficou inconsciente com o impacto. Ela explica que vizinhos desceram no local para verificar o estado de saúde, mas perceberam que ele estava imóvel.

“Eles não mexeram, mas acharam que ele estava desmaiado. Na região tem uma ambulância, dessa vez chegou bem rápido, porque estava próximo ao posto de saúde. Temos alguns grupos de avisos, inclusive, publicaram um vídeo dele anunciando a festa”, disse

Uma equipe de resgate avançada do Corpo de Bombeiros da Capital chegou a ser acionada, porém, a vítima já estava sem vida. Ainda conforme Bruna, frequentemente são registrados na ponte. “É perigoso, principalmente para quem não conhece a região. Ela é estreita e tem guard rail apenas de um lado. Pelo que entendemos, o moço que faleceu pode ter descido em alta velocidade e não acompanhou a curva”, disse a moradora.

Veja também

Últimas notícias