Justino Mendes de Aquino, ex-diretor do Estoril e colaborador da Famasul, morre de Covid-19

Justino Mendes de Aquino será sepultado hoje (2), às 16h30, no cemitério Parque das Primaveras, em Campo Grande. Não haverá velório.
| 02/01/2021
- 18:52
Justino Mendes de Aquino, ex-diretor do Estoril e colaborador da Famasul, morre de Covid-19
Justino Mendes de Aquino morreu aos 62 anos, vítima da covid-19 (Foto: Divulgação/Estoril) - Justino Mendes de Aquino morreu aos 62 anos, vítima da covid-19 (Foto: Divulgação/Estoril)

Morreu na noite de ontem (1º), em Campo Grande, o engenheiro agrônomo Justino Mendes de Aquino, aos 62 anos. Ele é mais uma vítima do novo , que já matou 2.360 pessoas em Mato Grosso do Sul, segundo dados da SES (Secretaria de Estado de Saúde).

Aquino era membro do Conselho de Sócios Remidos e ex-diretor da diretoria executiva do Clube Estoril. A instituição lamentou a morte em nota nas redes sociais.

A Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) também prestou a Justino Mendes de Aquino. Ele atuou como instrutor, analista técnico e coordenador do Departamento Técnico da federação ao longo de nove anos.

“Todos do Sistema Famasul se solidarizam com familiares e amigos, e expressam a mais sincera gratidão ao modo gentil e dedicado com que Justino conduziu sua jornada, sempre com leveza, lealdade, simplicidade e competência”, escreveu a Famasul, também em nota oficial.

O sepultamento será realizado hoje (2), às 16h30, no cemitério Parque das Primaveras. Não haverá velório.

Veja também

O Sampaio Corrêa segue invicto no Estádio Castelão, em São Luís (MA), pela Série B...

Últimas notícias