Mato Grosso do Sul decidiu seguir a recomendação do Ministério da Saúde e orientou os 79 municípios a ampliar a aplicação de doses de vacina contra a dengue, com vencimento em 30 de abril de 2024. A princípio poderão ser vacinadas crianças entre 6 a 16 anos de idade.

A aplicação das doses vai depender da disponibilidade de cada município. Em caso de necessidade, esta estratégia poderá ser ampliada até o limite etário especificado na bula da vacina dengue, que compreende dos 4 aos 59 anos, 11 meses e 29 dias.

A recomendação só é válida para doses da vacina com vencimento em 30 de abril de 2024, para evitar desperdício. Fora essa situação, mantém-se a recomendação de vacinação contra a dengue na faixa etária de 10 a 14 anos.

Mudança temporária

De acordo com o Ministério da Saúde, a modificação da estratégia é temporária, em razão da data de vencimento das vacinas. Mas quem se vacinar nesse cenário, terá sua segunda dose garantida.

“Lembrando que cada município está em uma situação em relação ao estoque e busca pelas vacinas, então é importante verificar junto ao município a faixa etária liberada. Neste momento é de extrema importância levar as crianças para a atualização da caderneta vacinal, para protegê-las e reduzir os riscos de dengue”, acrescentou.