Cotidiano

Confira: Dois trechos do Centro serão interditados a partir desta quarta-feira

Trecho da Barão entre a 13 e Pedro Celestino será interditado totalmente

Fábio Oruê Publicado em 29/09/2021, às 16h53

None
Foto: Divulgação/ PMCG

Com mais uma frente de trabalho do Reviva no microcentro de Campo Grande, nesta quarta-feira (29), trecho que compreende o cruzamento das ruas 13 de Maio e Marechal Rondon, será fechado parcialmente para obras de drenagem. A previsão de reabertura é para o dia 14 de outubro.

De acordo com a Agetran (Agência Municipal de Transporte  e Trânsito), durante esse período, será mantida uma pista de rolamento para o trânsito e o acesso local pelos pedestres está garantido.

Para esta quinta-feira (30), a drenagem chega até a Rua Barão do Rio Branco com a Rui Barbosa, prevendo fechamento total do cruzamento por até 30 dias. No trecho entre a Avenida Afonso Pena e Rua Barão do Rio Branco, apenas o acesso local será permitido.

Com a interdição do cruzamento, o trecho da Rua Barão do Rio Branco, entre a 13 de Maio e a Pedro Celestino, também será interditado totalmente, sendo permitido acesso local entre a 13 de Maio e Barão do Rio Branco. Já no trecho entre a Rui Barbosa e Pedro Celestino, o acesso local será permitido na contramão. Por conta disso, a Agetran pede atenção redobrada.

Rotas alternativas

Já quanto às rotas alternativas, a orientação da Agetran é: quem estiver na Rui Barbosa, pode pegar a Rua Sete de Setembro ou Avenida Afonso Pena e depois a Padre João Crippa.

Para quem estiver na Avenida Afonso Pena e quiser pegar a Rui Barbosa, pode se antecipar e pegar a Padre João Crippa, em direção ao bairro Amambaí. Já quem precisar ir em direção ao Parque dos Poderes, pode prosseguir e pegar a Padre João Crippa.

Liberações

Nesta semana também foram liberados dois trechos que estavam em obras. No cruzamento da Rua Joaquim Murtinho com a Rui Barbosa já é possível transitar normalmente e, também, no perímetro da Rua 13 de Maio, entre a General Melo e Avenida Mato Grosso, em frente à Santa Casa.

Jornal Midiamax