Cotidiano

Pacientes madrugam na fila em busca de vacina contra gripe em unidade de saúde

Mesmo sem divulgação da Sesau, pacientes procuram postos para garantir vacinação

Mylena Rocha Publicado em 03/07/2018, às 09h23 - Atualizado às 17h14

No CRS Tiradentes, a fila se formava dentro do local e continuava no estacionamento. (Foto: Marcos Ermínio)
No CRS Tiradentes, a fila se formava dentro do local e continuava no estacionamento. (Foto: Marcos Ermínio) - No CRS Tiradentes, a fila se formava dentro do local e continuava no estacionamento. (Foto: Marcos Ermínio)

Mesmo com o ‘mistério’ sobre quais unidades de saúde ainda teriam vacinas contra a gripe remanescentes, alguns campo-grandenses procuraram os postos para imunização nesta terça-feira (3). Em uma das unidades visitadas pelo Jornal Midiamax, havia cerca de 100 pessoas na fila à espera da imunização gratuita.

Pacientes madrugam na fila em busca de vacina contra gripe em unidade de saúde
Anaisa chegou ao posto de saúde às 5 horas para consulta e aproveitou para se vacinar. (Foto: Marcos Ermínio)

Na CRS (Centro Regional de Saúde) Tiradentes, por exemplo, a fila se forma dentro do posto de saúde, para não chamar a atenção e atrair ainda mais pacientes. Anaisa Vitorno da Costa, de 38 anos, chegou às 5 horas para uma consulta no local e aproveitou para tomar a vacina. “Eu estava esperando para abrir como todo mundo, deu sorte que a consulta já estava agendada e vai dar para fazer os dois sem precisar voltar de novo”, comemora.

No local, haviam pacientes que moram na região e esta é a recomendação da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública). A Secretaria não divulgou os locais onde ainda há doses da vacina contra a gripe para evitar o deslocamento da população de outras regiões para o local. Os moradores devem procurar o posto de saúde mais próximo de casa para verificar a disponibilidade das doses.

Não divulgar os locais onde há uma vacina disponível também é uma estratégia para evitar a confusão da segunda-feira (2), quando pessoa esperaram por horas e as filas se formavam em frente aos postos. A Sesau informa que as doses da vacina são limitadas e que não há previsão de envio de mais vacinas pelo Ministério da Saúde. As salas de vacinação funcionam das 7h15 às 10h45 e das 13h às 16h45.

Jornal Midiamax