Imagens de câmeras de monitoramento flagraram o momento em que a mulher que levou o cadáver do tio morto para sacar R$ 17 mil circula pelo banco e ainda passeia pelo antes de ser flagrada nesta terça-feira (16), no .

Câmeras da agência bancária e do shopping mostram a mulher empurrando a cadeira de rodas com Paulo Roberto Braga, de 68 anos. Ele estava com a cabeça tombada para o lado. Segundo o Metrópoles, o banco fica em um shopping de Bangu, na Zona Oeste do RJ.

A mulher foi presa por tentativa de furto mediante vilipêndio de cadáver. A defesa dela disse à CNN que o idoso de 68 anos, identificado como Paulo Roberto Braga, chegou vivo ao banco e refutou o que disse a Polícia Civil do Rio de Janeiro.

A equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) que atendeu ao chamado informou à que Paulo estava morto havia cerca de 2 horas. Vídeo gravado pela funcionária do banco mostra a mulher falando com o cadáver.

Passeio no shopping

As imagens das câmeras mostram o passo a passo da mulher com o cadáver. A mulher chega no estacionamento do shopping com um , pega a cadeira de rodas e depois aparece empurrando o idoso, imóvel. Depois, ainda para em uma cafeteria para lanchar.

A Polícia Civil do Rio de Janeiro está tentando encontrar o homem que levou eles ao shopping. A polícia acredita que ela não tenha agido sozinha e apura a participação de outras pessoas. Segundo o Metrópoles, perícia inicial aponta que Paulo morreu deitado e não sentado na cadeira de rodas.