Leilão do Grupo Bigolin tem acessórios, lotes e imóvel na Vila Glória avaliado em R$ 14 milhões

| 25/06/2022
- 16:10
Justiça decretou falência e determinou leilão de bens do Grupo Bigolin
Justiça decretou falência e determinou leilão de bens do Grupo Bigolin

O juízo da Vara de Falências, Recuperações, Insolvências e Cartas Precatórias Cíveis de Campo Grande autorizou o leilão de bens do Grupo Bigolin. Entre os itens constam equipamentos de informática e escritório, tintas, lotes e um imóvel com 7.263 metros quadrados avaliado em R$ 14 milhões.

Esta decisão é do juiz Alexandre Corrêa Leite, em um processo de recuperação judicial da Bigolin. Na instrução do procedimento, o juiz José Henrique Neiva de Carvalho e Silva havia decidido não haver possibilidade de recuperação e decretou a falência do grupo. Assim, foi determinada a avaliação dos bens para leilão.

O objetivo do certame é arrecadar fundos para pagamento de credores e das custas processuais. Entre os itens, consta o imóvel da Vila Glória, onde funcionava a loja principal da Bigolin na Rua 13 de Maio. Há ainda 9.850 itens de informática e materiais de escritório avaliados em R$ 992.705,29.

Também vai a leilão um lote com tintas e acessórios, totalizando 13.898 itens por R$ 116.930,33. A colocou à venda uma casa no Residencial Nara Rosa I, por R$ 450 mil, outra casa no mesmo condomínio pelo mesmo valor e mais um lote no Jardim Pioneiros por R$ 210 mil. 

Leilão

Conforme os autos do processo, o edital será divulgado na pelo portal www.megaleiloes.com.br. Os interessados em vistoriar o bem deverão enviar solicitação por escrito ao e-mailcontatoms@megaleiloes.com.br. O certamente será dividido em três, a serem realizados nos dias 13, 20 e 27 de julho. Outras informações estão disponíveis neste link.

Veja também

Segundo o extrato, o contrato tem valor de R$ 721 mil

Últimas notícias