O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul suplementou R$ 90,8 milhões em recursos, segundo publicação do Diário Oficial do Estado desta terça-feira (28), sendo mais de R$ 42 milhões para área de planejamento, implantação e gerenciamento dos sistemas estratégicos e tecnológicos para a Gestão Fiscal e Tributária da Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda).

Parte dos recursos, R$ 46,5 milhões, foi anulada da dotação da Gestão e Operacionalização da Sefaz-MS e destinada ao pagamento de pessoal e encargos sociais.

Gestão de outras pastas

Outros R$ 37 milhões da manutenção e operacionalização do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) foram anulados para também pagamento de encargos sociais e pessoal, e promover atividades de educação, segurança e conscientização para melhoria no trânsito.

Também foram suplementados recursos na PGE-MS (Procuradoria-Geral do Estado), sendo R$ 3,6 milhões para representação judicial e segurança jurídica; R$ 7 mil na Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de MS; R$ 1.041.000 na SAD-MS (Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização); R$ 499 mil na Fundação de Turismo; R$ 1 milhão para a Fundação de Cultura e R$ 15 mil para Fundos de Investimentos Culturais de MS.

A publicação completa pode ser verificada aqui, a partir da página 9.